O VÉU é tema de blog italiano

Recentemente, O VÉU foi destaque  num blog italiano, cuja  proprietária – fluente em português – leu o romance na edição brasileira e expôs algumas impressões num simpático post, cuja introdução reproduzimos a seguir:

Há países no mundo dos quais se ouve falar quase diariamente. Há países, de cuja situação política, para melhor ou para pior, somos informados detalhadamente,  mas cujo cotidiano, salvo raras exceções ou por causa de eventos dramáticos, conhecemos pouco.

Neste post, estou me referindo em particular ao Irã de hoje, a antiga Pérsia, e gostaria de fazê-lo a partir de um livro que li: O VÉU, o sétimo por Luis Eduardo Matta, publicado pela brasileira Primavera Editorial, 528 pg.

O texto completo (no original, em italiano) pode ser lido no blog Gialli e Geografie.

O Irã que pouco aparece na mídia ocidental (1)

Nações e sociedades são complexas e, via de regra, não cabem nos estereótipos nos quais uma boa parte da mídia e da literatura ocidentais, contaminada por preconceitos e desinformação, sempre  apostou.

Casamento judaico em sinagoga iraniana e jovens numa loja de cosméticos em Teerã

O Irã não foge à regra. Em O VÉU são mostradas algumas faces menos conhecidas do país, o que torna sua descoberta mais fascinante e a leitura do livro mais saborosa e surpreendente.  Nem todas as cenas exibidas  nas imagens deste post estão reproduzidas no livro, mas através delas já dá para se ter uma ideia de como a trama se distancia do lugar-comum presente em muitos thrillers internacionais ambientados no Oriente Médio.

Equipe feminina iraniana de canoagem e estação de esqui nas montanhas de Alborz

O VÉU – 1 ano

Há exato um ano – em 2 de dezembro de 2009 – O VÉU era lançado oficialmente durante um festivo coquetel na Livraria da Vila, em São Paulo.

Desde então, este thriller vem consolidando uma trajetória de sucesso por todo o país, cativando leitores de variados perfis e mostrando o vigor da literatura brasileira de mistério e suspense, que cada vez mais se fortalece e dá provas do seu valor e do seu diferencial.

Parabéns ao escritor Luis Eduardo Matta e à Primavera Editorial por este ano de conquistas. E também a todos que leram O VÉU e não se arrependeram. Continuem seguindo este blog e se mantendo a par das novidades.