Os segredos de Fatima

Que terríveis mistérios guarda Fatima Hajiran?

(…) Num gesto inesperado, Fatima Hajiran soltou o cabelo, preso no coque sisudo que usava há anos, e deixou-o deslizar suavemente sobre os ombros. Era um cabelo negro, longo e brilhoso, que parecia lembrar-lhe que ela ainda era jovem e bela, apesar do envelhecimento acelerado de sua alma. (…) Uma ventania sacudia as árvores, trazendo algumas folhas perdidas para dentro da casa. Alguém a havia aberto.

Ressabiada, Fatima caminhou para fora. Olhou para o céu ainda escuro, tingido, ao longe, por finas faixas rosadas, no momento em que uma revoada de patos passava grasnando em coro. A manhã parecia prestes a irromper e o ar estava carregado de uma leveza e de um frescor alentadores. Fatima perscrutou o jardim e não localizou um único homem armado. Olhou para trás, receosa de que alguém a estivesse observando do interior da casa, mas tudo ali dentro permanecia escuro e silencioso.

Por que não havia ninguém à vista? (…)

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s