A sombria véspera do leilão de “O Véu”

Rio de Janeiro, junho de 2009

Chovia forte desde o entardecer. De repente, uma sucessão de lampejos encobertos pelo nevoeiro gelado clareou o topo do Corcovado, enquanto os estrondos dos trovões reverberavam no ar. A estátua resplandecente do Cristo Redentor surgiu momentaneamente por entre uma cortina densa de nuvens, parecendo debater ‑se na vã tentativa de permanecer heroicamente visível em meio à vastidão escura, mas o céu noturno não tardou a ocultá‑la novamente, derrotando, assim, a última trincheira que ainda resistia à assustadora entrada antecipada do inverno úmido na cidade do Rio de Janeiro.

O mar estava em fúria e ameaçava repetidas vezes engolir a areia das praias. Um vendaval cortante e pegajoso, embalado pela chuva, alastrava ‑se pelas ruas encharcadas e melancólicas. O Rio de Janeiro, vazio, silencioso, parecia abandonado à própria sorte.

Trecho da abertura da primeira parte de O VÉU, na véspera do leilão que influenciará toda a trama.

Anúncios

4 Comentários

  1. Acho que sou suspeita mas mesmo assim vou deixar meu registro…… Parabéns pelo trabalho de pesquisa e ambientação de sua história…..

    • Lourdes, suas opiniões sempre estão entre as mais importantes e das que mais levo em consideração. Fico muito feliz com a sua confiança no meu trabalho.

  2. Olá Luis, para incentivar cada vez mais seus leitores lerem e se divertirem com “O Véu”, que tal lançarmos um concurso de frases sobre o livro aqui no seu blog…. O presente contamos depois……. É só uma sugestão….. Beijos, Lu

    • Lourdes,
      Acho uma excelente ideia. Vou pensar em como fazer isso e a melhor forma de divulgar. Vamos conversando a respeito.
      Beijo grande,
      Luis Eduardo


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s